Conheça o SindimotoSP

Conheça o SindimotoSP

Quando surgiu o SindimotosSP

O Sindicato dos Mensageiros Motociclistas do Estado de São Paulo (SindimotoSP), foi fundado em 1991 e constituiu nova diretoria em 17 de agosto de 2007 tendo como presidente eleito por unanimidade Gilberto Almeida dos Santos, o Gil.

Com esta eleição, finalmente o SindimotoSP voltou para as mãos dos trabalhadores. Isto foi possível porque os motoboys se uniram e “arrancaram” da presidência quem nunca pensou na categoria e muito menos se importou com os profissionais do motofrete.

O saldo de quase dez anos de mandato do presidente anterior foi o esvaziamento do patrimônio e um monte (literalmente falando) de dívidas. Vários dirigentes de entidades sindicais de inúmeras cidades deram suporte e apoio, principalmente jurídico, para que o SindimotoSP estivesse com quem realmente trabalha pelo setor.

Agora, o desafio maior é reconstruir a “casa” e com a determinação da nova diretoria presidida pelo companheiro Gil e o engajamento de toda a categoria, o SindimotoSP iniciará uma nova fase.

As vitórias estão chegando e prova disso é a Regulamentação que foi aprovada e já está em vigor e a obtenção da Carta Sindical que nos dá o título de representantes oficiais (e legítimos) da categoria. Outras reivindicações também já estão sendo atendidas e em breve, você motoboy terá o que sempre sonhou: uma profissão reconhecida e respeitada.

Objetivo, Missão e Valores da entidade

Objetivo – O OBJETIVO principal do SindimotoSP é defender os interesses da categoria e do associado, porém, orientar, elaborar estudos, coordenar, proteger, representar, bem como celebrar convenções, acordos, contratos coletivos de trabalho, instaurar dissídios, criar serviços de assessoria e consultoria técnica para assuntos jurídicos, econômicos, de comunicação, de treinamento e aperfeiçoamento profissional etc, também fazem parte de nosso trabalho junto a classe.

Missão – A MISSÃO do SindimotoSP é promover a consciência do motofretista profissional na prática democrática, na valorização social, política e econômica associando trabalho e determinação, empenho e coragem para isso resultar no título de melhor e “maior” sindicato dos trabalhadores sobre duas rodas do Brasil. Vale ressaltar aqui que somos possuidores da Carta Sindical tornando-nos os representantes legais e autorizados para representar à categoria na cidade de São Paulo.

Visão – A VISÃO do SindimotoSP é de melhoria para o desenvolvimento do setor do motofrete trabalhando em parcerias com instituições que agreguem valores como honestidade, transparência, idoneidade, confiança entre outros valores. O desejo de prestar serviços de qualidade atendendo as necessidades e expectativas dos motofretistas que fazem parte deste olhar para uma consciência geral desta renomada entidade, também tem espaço garantido.

Contato

Você pode entrar em contato através da suas redes sociais e o seu canal do youtube:

Facebook : www.facebook.com/SindimotoSP

Flickr: www.flickr.com/photos/sindimoto

Twitter: twitter.com/SindimotoSP

Instagram: www.instagram.com/sindimotosp

YouTube: www.youtube.com/channel/UC2LsDcZ-Ohe1eCJdOIs7EGw

Fonte :www.sindimotosp.com.br

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

sindicato dos motoboys,
sindimotosp,
sindimoto sp,
sindicato dos motoboys sp,
sindicato motoboy,
sindicato dos motoboys de são paulo,
sindicato dos motociclistas sp,
sindicato dos motoboys de sp,
sindicato dos mensageiros motociclistas do estado de são paulo,

-#sindicatodosmotoboys
-#sindimotosp
-#sindimotosp
-#sindicatodosmotoboyssp
-#sindicatomotoboy
-#sindicatodosmotoboysdesãopaulo
-#sindicatodosmotociclistassp
-#sindicatodosmotoboysdesp
-#sindicatodosmensageirosmotociclistasdoestadodesãopaulo

O que é um giclê do carburador?

O que é um giclê do carburador?

Para que serve o giclê do carburador?

Você sabe o que é o giclê do carburador e pra que ele serve? Muita gente acredita que o escapamento de um veículo, ou de moto, quando apresenta algum tipo de problema como o desgaste natural do tempo, ou avarias devido a acidentes, que basta chegar na loja especializada, colocar o veículo em um elevador de carro ou elevador de moto, retirar o velho, colocar o novo, e mais nada.

Acontece que os carros que tem carburadores, precisam que sejam avaliados logo após a troca do escapamento se o carburador está esguichando o ar corretamente no novo escapamento, ou, não.

Para entender melhor sobre esse assunto, é interessante que saiba da importância de regular giclês do carburador após a troca do escapamento, informada a seguir.

Como funciona o giclê do carburador


Todo carburador é fabricado para que seja feita a mistura entre ar e combustível conforme o funcionamento do motor e da aceleração, isso, se faz necessário nos motores de combustão, já que o combustível em conjunto com o ar são fundamentais para a ignição.

Essa combustão criada, é transferida para dar energia aos pistões do motor que acionam o virabrequim e o carro, e através dos carburadores a mistura correta é enviada pelos giclês, e para quem tiver dúvidas, giclê é uma peça pequena de latão que tem um furo no meio, responsável em controlar a passagem de combustível (gasolina ou álcool) o qual é misturado com o ar no difusor do carburador do veículo.

Apenas complementando a importância do giclê, quanto maior esse furo, maior a quantidade de combustível gasto pelo veículo, portanto, se acha que seu carro ou moto com carburador, esteja gastando combustível demais, seria uma boa ideia levar até um autocenter.

Claro, que a regulagem do giclê deve ser feita de acordo com a potência do motor do veículo, por isso, a mistura entre o ar e o combustível deve ser a mais exata possível para que não falhe, para evitar o superaquecimento que pode acontecer com RPM alto, ou, até afogar.

De qualquer maneira, a importância de regular giclês do carburador após a troca do escapamento, só é necessária fazer apenas nos casos em que o escapamento colocado é mais potente ou até personalizado, caso contrário, quando a troca for pelo mesmo modelo, não há essa obrigatoriedade.

Afinal, por que dessa importância de regular giclês do carburador após a troca do escapamento por um mais potente?

Ao trocar o modelo tradicional do escapamento por um outro mais potente, isso provoca a elevação da temperatura de funcionamento do motor, dessa maneira, haverá a necessidade de gastar mais combustível, e isso, sem dúvida para o perfeito funcionamento do motor exige um giclê maior e regulagem do carburador.

Embora regular os giclês do carburador após a troca do escapamento seja realmente importante, caso seja necessário fazer essa substituição em seu veículo, ou, moto, é aconselhado que sempre procure pelas lojas de atendimento especializadas como autocenter para a execução correta do serviço.

sac@duasequatrorodas.com.br

Observação

Nunca tente modificar você mesmo o giclê original de seu veículo, ou, moto, já que essa é uma peça fabricada por máquinas e qualquer tipo de alteração que faça, pode trazer sérios danos ao motor já que cada carro tem o giclê certo para ele, assim, como também ao levar o veículo ao autocenter para a troca do giclê, certifique-se que seja compatível com a marca do carburador.

Nota de rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

gicle carburador,
colou gicle,
gicle,
colou o giclê,
colo gicle,
colou gigle,
giclê carburador,
giclê,
colou giglê,

-#giclecarburador
-#colougicle
-#gicle
-#colouogiclê
-#cologicle
-#colougigle
-#giclêcarburador
-#giclê
-#colougiglê

Quais são as customização de moto

Quais são as customização de moto

O que é customizar uma moto?

A palavras Customização vem do inglês, CUSTOM, que ao pé da letra quer dizer personalizar, ou, ter um estilo diferenciado, por isso, as motos customizadas, são arrojadas, e com design avançados, e podem já vir de fábrica dessa maneira, ou, podem ser personalizadas de acordo com o gosto do motociclista.

Existem atualmente dezenas de modelos de motos customizadas a disposição no mercado, a escolha pode ser feita através de marcas, modelos, e preços. Confira a seguir alguns dos principais modelos:

Old School

É um estilo de moto que mantém as linhas conservadoras, e tradicionais.

Bobbers

Essa moto teve origem durante a 2º guerra mundial, quando os americanos precisavam de motos leves e velozes, então, retiravam os para-lamas, espelhos e estribos, isso, deu origem as motos Bobbers.

Vintage

O termo vintage significa que são motos antigas, em bom estado de conservação, são modelos originais, sem nenhum tipo de modificação ao longo dos anos, são motos fabricadas décadas atrás.

New School

Tipos de motos que aceitam modernas personalizações, através de itens que atraem a atenção de quem olha.

Cafe Racer

Essa customização foi criado na década de 60, mais utilizadas para percursos menores, por isso, tem o banco estendido e na parte da frente a carenagem, além de escapamentos e pedaleiras. Ganhou esse nome, porque na época, podiam ser facilmente vistas estacionadas em frente a cafés (=cafeterias).

Custom

As motos de modelos custom, podem ser facilmente identificadas, devido aos garfos dianteiros serem inclinados para frente, são estradeiras e com público tradicional. A velocidade não é essencial para o piloto com essa moto, mas, sim o conforto, banco baixo, pedaleiras avançadas, inclusive para o carona que fica apoiado no encosto chamado de sissy bar. São modelos que mantém a tradição das motos usadas no filme Sem Destino, produzido no início da década de 60.

Choppers

A customização dessas motos foram criadas após a 2ª Guerra Mundial, quando os americanos depois de andarem durante muito tempo, com as motos europeias que eram mais leves e ágeis, procuravam algo semelhante já nos Estados Unidos. Foi quando resolveram modificar as Harleys, retirando acessórios, banco de garupa, alforges, e paralamas dianteiros, para obter a leveza e agilidade que procuravam. A Moto Chopper também foi destaque no filme Sem Destino, com o ator Peter Fonda, e podem ser vistas em modelos totalmente personalizados e únicos, através do programa americano o American Chopper, ou, Orange Country Chopper, título original em inglês.

Cruiser

Essas motos mantém a tradição das motos custom, pois, não sofreram alterações em suas estruturas, criadas para percorrer maiores percursos, suas características principais, é a distância entre os eixos, tem ainda, o guidão em formato mais largo, e o tanque de combustível projetado para ser abastecido com uma quantidade maior de combustível.

sac@duasequatrorodas.com.br

Lembrete antes da customização

Há uma moto para cada tipo de piloto, antes de comprar, pesquise cada uma delas, como design, desempenho, autonomia, e preço, o importante, é que ofereça boa dirigibilidade, conforto, e segurança.

Lembre-se que o uso do capacete e acessórios, é sempre a parte mais importante, mesmo percorrendo pequenas distâncias, em baixa velocidade.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

estilos de motos custom,
estilos de motos customizadas,
Old School,
Bobbers,
Vintage,
New School,
Café Racer,
Custom,
Chopper,
Cruiser,

-#estilosdemotoscustom
-#estilosdemotoscustomizadas
-#OldSchool
-#Bobbers
-#Vintage
-#NewSchool
-#CaféRacer
-#Custom
-#Chopper
-#Cruiser

Conheça a Abraciclo

Conheça a Abraciclo

História da Abraciclo

Desde sua criação, em 2 de abril de 1976, a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) vem mostrando a importância, eficiência e necessidade da circulação adequada e segura dos veículos de duas rodas nas cidades e estradas do País.

Quando a entidade surgiu, sob o comando de Bruno Antonio Caloi, o veículo de duas rodas predominante no Brasil era a bicicleta, enquanto a produção de motocicletas e ciclomotores se mostrava ainda incipiente. Na ocasião, os fundadores da Abraciclo acreditavam que deveriam se unir para atuar em conjunto pela evolução do segmento que, segundo eles, estaria representado predominantemente pelos ciclomotores.

Todavia, a consolidação do Setor de Duas Rodas no Polo Industrial de Manaus (PIM) mostrou que o caminho da evolução seria bem diferente. As fabricantes de veículos de duas rodas que se instalaram no PIM precisavam construir uma ampla cadeia produtiva e fizeram isso partindo praticamente do marco zero.

Os modelos tecnologicamente revolucionários e atraentes começavam a deixar as modernas linhas de montagem das indústrias recém-implantadas, enquanto a sociedade ainda olhava com certa cautela e desconfiança para estes veículos diferenciados, que, no entanto, já estabeleciam o conceito de mais inovadora opção de mobilidade e transporte para os brasileiros sintonizados com o futuro. Essa evolução foi constante nas décadas de 1980 e 1990, com o PIM recebendo fábricas das mais expressivas marcas globais de motocicletas.

Nas décadas iniciais do Século XXI, os motociclos – motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares – estão presentes em todas as regiões, cidades e comunidades rurais brasileiras, com utilização em atividades de locomoção, geração de renda e lazer. Para muitos brasileiros, representam a posse e o uso do primeiro veículo motorizado, confirmando sua função de autêntica ferramenta de inclusão social.

Tornaram-se essenciais para os serviços públicos por serem flexíveis na circulação, proporcionando atendimento ágil e eficiente às necessidades da população. E você já parou para pensar como seria seu dia a dia sem o motofretista – o famoso motoboy – entregando encomendas, documentos, correspondências, medicamentos ou mesmo uma quentinha e saborosa pizza no início da noite?

A bicicleta, por sua vez, evoluiu muito a partir do ano 2000, a ponto de se transformar em símbolo da mobilidade sustentável, em função de suas inovações, maior valor agregado proporcionado pelos materiais nobres em sua estrutura, além de equipamentos e acessórios atrativos, e pela praticidade e flexibilidade de circulação diante do caótico trânsito urbano. Repare que se trata de um produto único ao reunir, simultaneamente, três atributos imbatíveis: é barata, tanto na compra como na manutenção, não polui o ambiente e faz bem à saúde do condutor.

A função da Abraciclo é justamente mostrar como o Setor de Duas Rodas, com suas fabricantes de motocicletas e bicicletas, entre outros produtos, atua para melhorar a mobilidade e o transporte nas cidades e estradas brasileiras, buscando a inovação tecnológica, qualidade, respeito às normas de segurança e de controle da emissão de gases e a flexibilidade, economia e eficiência nos deslocamentos diários.

 Para atuar com eficiência e precisão, a Abraciclo conta com uma Diretoria com mandato bienal, eleita pelo quadro associativo, e uma equipe integrada por executivos com sólida formação acadêmica e experiência no setor automotivo, capazes de propor criativamente soluções técnicas, políticas, de relacionamento e comunicação alinhadas com os mais avançados objetivos do Setor de Duas Rodas.

Missão da Abraciclo

A Abraciclo tem como missão divulgar, apoiar e defender as atividades e interesses relacionados ao setor de veículos de duas rodas nas áreas: política, social e técnica, atuando fortemente na melhoria de imagem com relação à segurança e conceito social, através de sugestões, campanhas e outras ações.

Visão da Abraciclo

Entidade reconhecida e respeitada por sua atuação, tanto para o público externo como interno. Criar o desejo das autoridades e outras entidades procurarem a Abraciclo.

As propostas de trabalho da ABRACICLO caminharam em paralelo com as necessidades do setor. Melhoria das condições viárias, implementação curricular de educação de trânsito, incremento na qualidade da capacitação de instrutores, conscientização da importância da manutenção dos motociclos, cuidados com os equipamentos de proteção e pilotagem segura são alguns dos principais focos de atuação da entidade desde a sua criação.

Contato

Sede da Abraciclo

Rua Américo Brasiliense, nº 2171, Cj.907 a 910 – Ch. Santo Antônio – São Paulo, SP – CEP 04715-005
Ed. Master Tower

Telefone: (11) 5181.0222 – abraciclo@abraciclo.com.br

Filial Brasília

SHN QD 02, Sala 1007 – Asa Norte – Brasília, DF –
CEP 70702-906
Ed. Executive Office Tower

Telefone: (61) 3033-4745 – abraciclodf@abraciclo.com.br

Filial Manaus

Rua Belo Horizonte, nº 19, Sala 1.404 – Adrianópolis – Manaus, AM – CEP 69057-060
Ed. The Place Business Center

 Telefone: (92) 3071-8580 – abraciclo.am@abraciclo.com.br

Fonte: www.abraciclo.com.br acessado no dia 26 de agosto de 2021

Nota de rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

abraciclo,
moto,
bicicleta,
motocicleta,
motonetas,

-#abraciclo
-#moto
-#bicicleta
-#motocicleta
-#motonetas

Combinação fatal, moto e celular

Combinação fatal, moto e celular

O celular

O celular pode ser considerando como umas das invenções mais importantes da humanidade, mudou o conceito e praticidade da comunicação a distância, trazendo benefícios e fazendo o que demoraria semanas para se comunicar agora se faz com poucos minutos.

Porém ao mesmo tempo que traz maravilhas, também traz perigos, o uso desenfreado pode trazer risco a vida, principalmente no trânsito, tanto do condutor como as pessoas ao seu redor, indiferente de quem ele seja. No caso do motociclista, que precisa de toda atenção ao seu redor, por andar mais rápido entre os carros, o perigo é maior devido a vulnerabilidade do piloto  e passageiro.

sac@duasequatrorodas.com.br

O perigo de usar celular no trânsito

Seja como for, o fato é que a maioria das pessoas que tem um ou mais celulares, utilizam para a comunicação de voz, mensagens, e até como GPS, graças as centenas de APP’s, o problema é que o uso está sendo abusivo em matéria de segurança principalmente quando está pilotando.

 Estudiosos estipulam que entre pegar o celular na mão, baixar a cabeça para ver, leva em média em média 23 segundos, isso significa que são 23 segundos em que o motorista está andando praticamente de olhos vendados. Portanto, calcula-se que para quem está pilotando a 60 km/h, é como andar 380 metros de olhos fechados, a 100 km/h, equivale a 640 metros, acima dessa velocidade já pode se considerar suicídio.

E são vários acidentes que podem ser originados devido a um simples toque do celular. Pode ser um pedestre atravessando entre os carros como é comum, um semáforo que fecha, uma brecada na frente, e tudo pode acontecer justamente nos 23 segundos que tirou o olhar da via, em seguida vem as consequências como atropelamentos, acidentes, prejuízos, fraturas, invalidez e possivelmente mortes.

23 segundos preciosos

Esses 23 segundos que fazem a moto e celular uma dupla perigosa, são apenas referentes para ver quem ligou, ou, tentar ler a mensagem, e claro, para o piloto tudo feito com uma única mão, enquanto a outra segura o guidão que muitas vezes pode não ser suficiente para desviar de um carro, pedestre, cachorro, ou, um buraco.

E os motociclistas que tem o celular instalado no suporte de GPS na moto, mesmo utilizando o sistema viva voz, também não ficam longe de acidentes que podem ser causados pela desviada de olhar para o acessório, e mesmo apenas ouvindo e falando, os pilotos perdem 44% da capacidade de atenção a sua frente, e 28% dos veículos a sua volta.

Informações recentes divulgam que dirigir e falar ao celular ao mesmo tempo, pode aumentar em até 400% o risco de acidentes, e o curioso, é que tanto o motorista como o piloto podem apresentar o mesmo efeito causado pelo excesso de álcool no organismo, com a diminuição de reflexos.

Para reduzir os acidentes causados pela direção e celular, a multa foi elevada para 7 pontos, gravíssima, no valor de R$ 293,47, e é bom ficarem atentos, pois, a multa pode ser aplicada mesmo quando estiver parado aguardando a abertura do semáforo, e isso, vale para motoristas também, pegou o celular, multa na certa.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

celular,
motocicleta,
combinação fatal,
respeito no trânsito,
acidente de moto,

-#celular
-#motocicleta
-#combinaçãofatal
-#respeitonotrânsito
-#acidentedemoto

LiveWire One: A moto elétrica da Harley- Davidson

LiveWire One: A moto elétrica da Harley- Davidson

A segunda chance da Harley-Davidson de tentar dominar o setor de motos elétricas, a clássica marca lançou a LiveWire One no dia 08 de junho desse ano. A moto chega com um preço mais acessível, porém divide opiniões entre os fãs e a imprensa, que apontam se ainda é possível chamar a versão atualizada de seu EV (electric vehicle) de “Harley”.

Isso por conta de dois fatores: o primeiro foi a decisão da Harley-Davidson de desmembrar a divisão de motocicletas elétricas em uma submarca, também chamada de LiveWire. A ideia era, de acordo com o CEO Jochen Zeitz, fazer com que de pouco a pouco os clientes fiéis da fabricante, que ainda preferem motos à combustão, “se acostumassem com a ideia” de forma mais prática, visto que quem estaria montando os elétricos seria uma empresa ligada à Harley, mas não ela própria.

O segundo ponto é o design mais moderno do veículo. Entusiastas mais conservadores em relação à eletrificação apontaram nas redes sociais que a moto “é bonita, mas não é uma Harley”, ou que o modelo elétrico “fugia do tradicional e desvalorizava o legado Harley-Davidson”.

sac@duasequatrorodas.com.br

O potencial da LiveWire One

De qualquer forma, a LiveWire One se parece muito com a “antiga” LiveWire, primeiro EV lançado pela Harley, só que tem nova pintura e logotipo. E mais: a moto elétrica oferece cerca de 240 quilômetros de alcance e pode ser carregada rapidamente de 0 a 100% em 60 minutos, o que a torna muito fácil de usar no dia a dia.

Além da reformulação da marca, renomeação e mudanças singelas no design, não houveram grandes novidades a seres destacadas em relação ao modelo, o que não é necessariamente uma coisa ruim ou surpreendente. Afinal, o CEO da Harley já afirmou em entrevista que o plano inicial é “estabelecer a marca no mercado” – logo, a LiveWire One tem como objetivo ser uma “porta de entrada” para novos veículos.

Preço e estreia da LiveWire One

O que parece ter mudado, de fato, é o preço. A motocicleta lançada antes pela Harley-Davidson custava quase US$ 30 mil (R$ 157 mil), mas a LiveWire One tem o preço oficial de US$ 21.999 (R$ 115 mil). Isso coloca o veículo como uma alternativa mais em conta e atraente na categoria de “motos elétricas premium“.

A estreia física da LiveWire One ocorreu no dia 18 de julho, no International Motorcycle Show que, em 2021, será realizado norte da Califórnia. A moto elétrica será lançada de forma global a partir de 2022.

A moto é veloz?

Para quem duvida da capacidade das motos elétricas, a LiveWire One prova ao contrario como podem ver no vídeo a seguir:

Canal Olhar Digital, acessado no dia 16 de agosto de 2021

Fonte: o artigo foi escrito por Arthur Henrique, no dia 09 de julho de 2021, a noticia original está no site olhardigital.com.br. Para mais curiosidades sobre tecnologia em geral veja o site e e canal de youtube do Olho Digital.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

LiveWire One,
Harley-Davidson,
moto elétrica,
moto eletrica harley,
LiveWire,

-#LiveWireOne
-#Harley-Davidson
-#motoelétrica
-#motoeletricaharley
-#LiveWire

Injeção Eletrônica em motos

Injeção Eletrônica em motos

Injeção Eletrônica como Funciona

A Injeção Eletrônica é responsável em levar o combustível para o motor, além de manter análises frequentes e impedir o mal funcionamento. Essas análises são feitas através de sensores que enviam sinais elétricos para a Unidade de Controle Eletrônico (U.C.E.), este por sua vez, monitora o funcionamento e o controle dos atuadores, para alcançar o ponto perfeito para a ignição funcionar.

Injeção Eletrônica e o Meio Ambiente

Atualmente a maioria dos veículos, são fabricados com o sistema de injeção eletrônica, essa demanda foi necessária, para contribuir com o meio ambiente, reduzindo a emissão de gases poluentes, que afetam diretamente a camada de ozônio.

Economia com a Injeção Eletrônica

O sistema de Injeção Eletrônica permite uma mistura quase perfeita de ar e combustível, chamado de estequiométrica, isso representa economia de combustível e também melhor desempenho do motor e da dirigibilidade.

Pontos Estratégicos no Motor

Dentro do motor em vários pontos estratégicos, estão espalhados sensores, que baseados em informações memorizadas, comandam os atuadores, dispostos também em locais estratégicos no motor, esta ação é feita dezenas de vezes por minuto, de acordo com os movimentos da cambota ou veio de manivelas, como virabrequim, eixo de manivelas ou árvore de manivelas, como é conhecido no Brasil.

Partes da Injeção Eletrônica

A Injeção Eletrônica é composta de vários componentes, sendo que o principal deles, é conhecida como Central, é neste local, em que ficam armazenadas as informações, como os parâmetros de fábrica e os cálculos necessários para gerenciamento do motor, alimentação e ignição, já os demais componentes são chamados de Sensores e de Atuadores.

O que são Sensores

Sensores são componentes responsáveis em captar informações para a Central, como movimentos, pressões, entre outros e transformá-los em sinais elétricos, para que a Central analise e escolha qual a melhor estratégia a ser implantada.

Quais são os Sensores

Sensor de Posição da Borboleta de Aceleração, Sensor Temperatura Líquido de Arrefecimento,  Sensor Temperatura do Ar, Sensor Pressão do Coletor, Sensor Rotação, Sensor Detonação, Sonda Lambda ou Sensor Oxigênio.

O que são Atuadores

Atuadores são componentes responsáveis pelo recebimento de sinais elétricos provenientes da Central, para controlar  as reações do motor.

Quais são os Atuadores

Injetores, Bobinas, Motor Corretor Marcha Lenta ou  Motor de Passo, Bomba de Combustível, Válvula Purga Canister, Eletroventilador de Arrefecimento, e Luz Avaria do Sistema.

Manutenção da Injeção Eletrônica

É importante que sempre seja feita manutenção preventiva no veículo, afim de evitar danos ou gastos desnecessários e que muitas vezes poderiam ter sido evitados, é só ficar atento as orientações que contam no manual do proprietário.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

injeção eletrônica nas motos,
injeção eletrônica,
motos,
motos com injeção eletrônica,
manutenção de injeção eletrônica,

-#injeçãoeletrônicanasmotos
-#injeçãoeletrônica
-#motos
-#motoscominjeçãoeletrônica
-#manutençãodeinjeçãoeletrônica

Por que se deve andar de moto com segurança

Por que se deve andar de moto com segurança

Por que se deve andar de moto com segurança? Todo motociclista sabe que muitas vezes uma boa dose de cautela vem sempre a calhar, já que na maioria das ruas e estradas, a velocidade e o desrespeito entre os motoristas é inegável, e certas atitudes podem realmente ajudar, tudo para facilitar que tenha mais segurança ao andar de moto.

Na realidade para quem já pilota há tempos, sabe de trás para frente sobre estas e muitas outras dicas, afinal, deve ter vivenciado bons a maus momentos durante toda a trajetória em cima de uma moto, mas, pode ser importante para quem está iniciando.

Todo cuidado é pouco?

Andar de moto em meio aos grandes centros urbanos principalmente na hora do rush, é um dos momentos mais estressantes na vida do motociclista, e para que os riscos de quedas ou pequenos acidentes, possam ser prevenidos, é necessário ficar atento a todas situações que possam ocorrer.

Estamos nos referindo a pilotar ao máximo na direção defensiva, prevendo a mudança de faixa de um carro, uma brecada na frente, um pedestre que surge do nada, e até dos folgados que embora estacionados resolvem abrir a porta do carro sem olhar, se for em cima de outro carro, prejuízo na certa, de moto, a queda pode ser fatal.

sac@duasequatrorodas.com.br

Condutas para melhorar a segurança no trânsito

E mesmo com esses cuidados, a raiva precisa ser controlada, xingamentos entre condutores já virou caso de polícia, pelo menos na cidade de São Paulo, por isso, relaxe e prossiga.

Equipamentos como capacetes, jaquetas, botas e luvas, fazem parte da vestimenta obrigatória, e como são os principais itens de segurança, é um investimento que se faz necessário, pois, numa queda, pode não combinar muito com economia.

Para que tenha mais segurança ao andar de moto, basta que tenha as atitudes necessárias junto com a “tal dose de cautela” para prevenir, ou, pelo menos minimizar acidentes.

Segurança em viagens Viagens longas

  • Não esqueça de levar um kit de emergência;
  • Providencie uma revisão na motocicleta, incluindo o corta pipas, os pneus, luzes, óleos e fluidos, e cheque durante a viagem se tudo está normal;
  • Planeje rigorosamente cada detalhe do trajeto de toda a viagem, incluindo paradas para refeições, estadias, e postos de combustíveis;
  • Caso tenha seguro, verifique se estará dentro da cobertura;
  • Para moto sem seguro, ou, fora da cobertura, leve o telefone de guinchos, ou, quem possa socorrê-lo, senão vai cair na mão de exploradores da região;
  • Não esqueça de levar kit de primeiros socorros, calibrador de pneu, uma chave extra, e um pano para secar ou limpar a moto;
  • Não esqueça da capa de chuva e a proteção para as botas, incluindo também para o carona;
  • Em dias ensolarados abuse do protetor solar;
  • Tenha um GPS em mãos, ou, simples mapas da região, isso pode ajudar caso saia da rota;

Cuidado em transitar pelas ruas

  • Nas ruas fique atento a velocidade máxima permitida;
  • Lembre-se de esperar o farol ficar verde, antes de acelerar a moto, porque sempre tem pedestres que andam mais devagar e uma simples atitude como esta pode evitar atropelamentos;

Embora uma motocicleta alcance uma velocidade considerável em poucos minutos caso comparada a outros veículos, sempre faça uso das setas, obedeça as sinalizações, e acima de tudo não abuse em curvas ou ultrapassagens desnecessárias, principalmente por causa da diferença de tamanho entre eles e você.

Na realidade para quem já pilota há tempos, sabe de trás para frente sobre estas e muitas outras dicas, afinal, deve ter vivenciado bons a maus momentos durante toda a trajetória em cima de uma moto, mas, pode ser importante para quem está iniciando.

Nota de rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras da chave

segurança ao andar de moto,
cuidados ao pilotar motos,
segurança no trânsito,
como transitar em cidades,
segurança em viagem de moto,

-#segurança ao andar de moto
-#cuidados ao pilotar motos
-#segurança no trânsito
-#como transitar em cidades
-#segurança em viagem de moto

Conheça o Moto Grupo Floripa

Conheça o Moto Grupo Floripa

Surgimento do Moto Grupo Floripa

O começo do Moto Grupo Floripa tudo começou há alguns anos atrás, através da reunião de amigos e amantes do motociclismo, que formaram o moto grupo chamado LIBERDADE. Após um longo período de existência, por motivos desconhecidos dissolveu-se. Porém, a ideia e a vontade de recriar um grupo permaneceu durante todos esses anos no coração de alguns membros inconformados com a dissolução daquele grupo, tanto que mantiveram a amizade e as reuniões na oficina do Macedo, sendo o mesmo pivô e amigo de muitos motociclistas.

Continuação da jornada do Moto Grupo Floripa

Passado todo esse tempo, os mais antigos (para não dizer idosos…) iniciaram um novo movimento para reviver aquela ideia, porém descobriu-se que já havia no município de Joinville-SC, um grupo denominado “Liberdade”. Diante desta situação, houve a primeira reunião onde se definiu um novo nome e brasão para o grupo.

Após, iniciou-se a 2ª fase que foi de buscar novos integrantes para compor este grupo, o que foi feito através de convites repassados entre amigos. Em data marcada, se reuniriam para um churrasco (foto), onde aconteceu a apresentação do nome, logomarca (brasão) e camisa do grupo.

Em reunião seguinte foi definido o Estatuto atual e eleita, por, votação, a diretoria que é composta por 10 integrantes. Pronto. Estava criado em 14/11/2001,

Fonte do texto : www.Motogrupofloripa.com.br

https://www.facebook.com/motogrupo.floripa

Nota de rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras chaves

floripa motos,
floripa na moto,
moto clube em florianópolis,
moto clube,
moto grupo floripa,

-#floripamotos
-#floripanamoto
-#motoclubeemflorianópolis
-#motoclube
-#motogrupofloripa

Porque optar por bicicletas como transporte diário.

Porque optar por bicicletas como transporte diário.

Andar de bicicleta, além de ser sustentável e saudável, assim visto que não há emissão de nenhum tipo de gás poluente que agride o meio ambiente, como acontece com os veículos de uma forma geral.

E pensando em todos esses benefícios, temos como entender perfeitamente qual a vantagem de ciclovias nas grandes cidades, pois, seria uma ótima solução para amenizar o trânsito, já que muita gente deixaria o carro em casa, ou, deixaria de passar horas no ônibus em pé, desconfortável e abafado.

O transporte bicicleta no mundo

A bicicleta é o meio de transporte preferido de milhões de pessoas que moram em lugares diversos como no interior do Brasil, e até em outros países como a Índia e China.

Já em países mais desenvolvidos como a Holanda, a bicicleta é considerada o principal transporte, por isso, o trânsito nas grandes cidades holandesas é todo adaptado para atender as necessidades dos ciclistas, assim como as ciclovias merecem atenção especial, a fim de garantir a segurança dos ciclistas.

Como em Amsterdã existe uma quantidade imensa de bicicletas que circulam todos os dias, estacionamentos para as bikes não pode faltar, mesmo assim, toda a segurança por parte do ciclista para evitar o roubo da magrela não deve ser negligenciada, por isso, é normal, serem presas a correntes e cadeados.

Aqui no Brasil, não temos ainda, a cultura de usar a bicicleta como meio de transporte, principalmente nas cidades grandes onde o trânsito é caótico e perigoso, já que não há uma faixa exclusiva para andar em segurança, fazendo os ciclistas disputarem espaço com os carros, gerando assim, graves acidentes, exceto na cidade de São Paulo, onde em 2015 a Prefeitura implantou ciclovias pela cidade toda.

Veja os benefícios em andar de bicicleta

  • Excelente atividade física, dispensando até uma academia;
  • Transporte ecologicamente correto, sem poluição;
  • Supereconômico, não gasta combustível, não paga passagem de trem, ônibus, metrô, não gasta com estacionamentos;
  • Não fica parado no trânsito congestionado;
  • Trânsito flui melhor, pois, teria menos carros em circulação, prevenindo engarrafamentos;
  • Cabe em qualquer canto, na garagem, na sala, no hall do elevador;
  • Dificilmente tem gasto como manutenção ou troca de peças.

Veja as desvantagens em andar de Bicicleta

  • Caso trafegue em locais que não tem ciclovia, não é nada seguro, por isso, cuidado redobrado;
  • Pode ser roubada com facilidades, por isso, deve sempre ficar presa a cadeados e correntes:
  • Precisa realizar esforço físico para pedalar, por isso, pode chegar suado para o trabalho;
  • O tempo gasto para ir de bicicleta para o trabalho pode demora muito mais que ir de carro, ônibus e metrô (dependendo das linhas de transporte e horários disponíveis);
  • Não aconselhável a pessoas que tem dependentes para transportá-los (filhos, idosos);
  • Fica a mercê das intempéries do tempo.

sac@duasequatrorodas.com.br

Mesmo para os paulistanos que não aderiram ainda, a ideia de trabalhar de bicicleta, a implementação de ciclovias em São Paulo trouxe um esporte e um ótimo lazer a mais na cidade, o aluguel de bicicletas que ficam estacionadas a disposição do público nas principais praças, e são disponibilizadas pelo Banco Itaú em parceria com a Prefeitura, onde qualquer pessoa pode retirar num determinado local e devolver em outro, quem sabe com o tempo, outras cidades façam o mesmo.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

bicicleta,
andar de bicicleta,
meio transporte da bicicleta,
beneficio de andar de bike,
desvantagens de andar de bike,

-#bicicleta
-#andardebicicleta
-#meiotransportedabicicleta
-#beneficiodeandardebike
-#desvantagensdeandardebike