Como o desgaste pode gerar problemas no seu carro

Como o desgaste pode gerar problemas no seu carro

Sinais de desgaste

Sempre que o carro começar a apresentar problemas na hora de ligar, como demora a dar a partida, apresentar falhas na hora do arranque, fazer barulhos estranhos, seja no motor, ou nas rodas, ou ainda, notar que o consumo de combustível está cada vez mais elevado, é a hora de levar o carro para fazer uma revisão em um Auto Center, ou na mecânica, em que você conhece e confia no serviço.

É importante que sejam empresas especializadas e que tenham equipe de profissionais capacitados, voltados para conferir a existência de problemas reais, já que algumas vezes o proprietário acredita existir, e sendo profissionais que valorizam o cliente, somente os reparos necessários é que serão feitos, afim de não onerar o gasto com manutenção desnecessária para o cliente.

Interessante também é levar o carro a oficinas que trabalhem com todo o tipo de mecânica, inclusive, como pneus, rodas, e mecânica em geral, para evitar que o cliente faça vários serviços em várias mecânicas diferentes, cada uma na sua especialidade.

De olho nas peças

Já a marca das peças que serão utilizadas para os reparos no veículo, é outro fator importante em que o motorista deve ficar atento, afim, de não deixar que sejam utilizadas peças de 2ª linha, e pagar com o preço das peças de 1ª linha.

A manutenção preventiva dos veículos é algo que evita transtornos, tais como o carro deixar de funcionar em locais e horários inadequados para chamar guincho, alguém, ou até um amigo que possa ajudar, ou ainda, sair à procura de um mecânico, porque às vezes o motorista acha que é algo fácil de resolver na hora.

É claro, que o fato do carro parar, nem sempre se deve fazer pegar no tranco, pois alguns modelos podem vir a entortar, ou amassar os pistões ao fazer esse tipo de procedimento, o que levaria a gastos assombrosos, mesmo que no inicio do problema que resultou na parada do veículo, era alguma coisa fácil e barato de arrumar.

Vale lembrar, que manutenções simples como verificar o nível da água e do óleo, sempre pela manhã, antes de ligar o carro e estacionado num lugar plano, são fundamentais para evitar alguns problemas simples, mas, nem por isso baratos, inclusive a calibragem nos pneus, é algo que deve ser feito semanalmente, para evitar também outros transtornos, que acabam pesando no orçamento.

peças desgastada

sac@duasequatrorodas.com.br

Onde são melhores lugares para levar o carro?

Para os veículos que estão estacionados na garagem já há algum tempo, é bom programar também uma revisão em um Auto Center ou na Mecânica, principalmente antes de viajar, já que o fato do carro estar parado sem uso, e por longo período, não significa que o carro continua novo, pois, acaba acarretando outros tipos de desgastes a começar pela bateria, que pode deixá-lo na mão sem avisar, sem falar do pó, da umidade, da ferrugem, e da corrosão, comuns em carros que dificilmente circulam.

É aconselhável, procurar o Auto Center, ou um Mecânico, sempre no início que o 1º problema seja notado, não espere juntar mais, já que ao continuar andando com o carro, o problema muitas vezes se agrava, e acaba levando a gastos não esperados.

autocenter

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras chave

Como o desgaste pode gerar problemas no seu carro,
peças desgastada,
troca de peça,
carro,
peças de carro,

-#Comoodesgastepodegerarproblemasnoseucarro
-#peçasdesgastada
-#trocadepeça
-#carro
-#peçasdecarro

Quando surgiu a motocicleta?

Quando surgiu a motocicleta?

Qual foi a primeira motocicleta da história

Hildebran & Wolfmüller  foi a primeira fábrica Alemã, no final do século XIX, em 1894, a criar uma linha exclusiva de fabricação de motocicleta. Em um curto espaço de tempo, cerca de 200 unidades foram vendidas, um verdadeiro “boom” como resposta, devido a centenas de fãs que chamou a atenção para o novo produto.

O começo das evoluções nas motocicletas

A empresa contribuiu muito no desenvolvimento de um sistema de refrigeração necessária para controlar a temperatura dos motores em geral, dando assim um upgrade nos motores que viriam a seguir.

Devido a isso, ao final do século XIX, início do século XX, a demanda na fabricação de motores cresceu em várias partes do mundo.

Aproximadamente 43 fábricas de motos na Europa, 20 empresas nos EUA, nas cidades de Columbia, Orient e Minneapolis no ano de 1910. Este foi um período de muitas conquistas tecnológicas que contribuíram na evolução das motos antigas.

Guerra e motocicletas japonesas

O surgimento das motocicleta japoneses vieram depois da 2ª Guerra Mundial. Esse complemente no panorama do mundo motociclístico agradou tanto que gerou novas expectativas sobre os fãs de duas rodas.

Com isso, foram produzidas motos de designer avançado, com alta tecnologia, motores melhores, com mais potência e leveza, além de serem de baixo custo e com maior conforto. No entanto, também foi o motivo de milhares de outras empresas do mundo a fecharem duas portas.

BMW Motorrad

Todos os anos, novos modelos são lançados, a fim de garantir boas e grandes vendas no mercado. Assim sendo, ele permanece equilibrado o que agrada os consumidores, já que tem lançamentos para todos os gostos e bolsos.

A BMW foi fundada em 1916, com o nome de Bayerische Motoren Werke, sendo a primeira a se consagrar com a fabricação de motores para aviões, e posteriormente para barcos e caminhões.

A BMW também marcou história em 1923, com a R32 que nasceu com conjunto motriz, ficando famosa com a marca BMW Motorrad, a qual tinha um motor boxer de cilindros opostos e transmissão final feita de cardã. Com isso, a R23 marcou a história de sucesso na fabricação de motos alemã.

Motocicletas que marcaram época

Depois desse breve relato na evolução de motocicleta históricas que faz parte do tesouro pessoal de muitos aficionados, a seguir, veja alguns dos modelos que são referências da época no mundo inteiro:

Harley-Davidson Fat Boy

Não é atoa que possui milhares de admiradores, As Harley são motociletas americanas mais tradicionais. Haley Davidson teve sua fabricação iniciada em 1903 e não saiu mais da alta escala de produção.

Yamaha RD350LC

A famosa Viúva Negra, muito conhecida na década de 1980 e até hoje faz a cabeça de muita gente.

Honda XL 250R

Essa guerreira ficou marcada pelos consumidores por sua resistência. No Brasil, sofreu alteração, adaptação dos motores devido a menor octanagem presente no combustível brasileiro, incluindo 25% de álcool misturado a gasolina.

Yamaha Ténéré XT600

Moto de Rally, como ficou conhecida. Seu lançamento no exterior foi realizado em 1983, já no Brasil, a Yamaha Ténéré XT600 teve sua aparição apenas em 1993.

Suzuki GSX-R 750

Com visual de motocicleta de corrida, a GSX-R 750, foi uma das primeiras motocicletas esportivas com preço acessível, lançada em 1985.

Honda CBX 750F

A Honda CBX 750F até 1986 eram importadas do Japão, após essa data, começou a serem fabricadas no Brasil, para o delírio dos fãs. Para a época, ela possuía um design avançado, com um motor potente que podia atingir 200km/h.

Esta pequena lista lhe fez lembrar de outras motos que marcaram a história da motocicleta, deixe seu comentário logo abaixo. Na sua opinião, quais são as motos que marcaram história?

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

motoclitas,
motos,
motos histórica,
história das motocicletas,
motos antigas,

-#motoclitas
-#motos
-#motoshistórica
-#históriadasmotocicletas
-#motosantigas

O que é biocombustível?

O que é biocombustível?

Você sabe que é biocombustível? Todas as máquinas que têm peças móveis, do motor do seu carro ao seu barbeador elétrico, exigem lubrificantes para funcionar de forma suave e duradoura.

Hoje, a maioria dos lubrificantes é feita com o chamado “óleo base”, acrescido com aditivos para melhorar o desempenho em cada uso em particular. A demanda mundial por esses aditivos está na cifra das centenas de milhões de toneladas anuais.

bioaditivo, como é feito?

o que é biocombustível?

Pesquisadores do Serviço de Pesquisas Agrícolas dos Estados Unidos anunciaram um método que pode liberar a fabricação desses aditivos da dependência dos derivados de petróleo.

Os novos bioaditivos são adequados para uso na formulação de graxas, óleos de motor e fluidos hidráulicos, de transmissão e para perfuração, de acordo com Sevim Erhan, coordenadora da pesquisa.

Os aditivos renováveis podem ser produzidos a partir das moléculas de gordura – triglicérides – presentes em óleos naturais de soja, milho ou canola, além de óleos extraídos de outras variedades vegetais menos conhecidas.

o que é biodiesel?

Excede as especificações

Além de serem totalmente biodegradáveis, o que facilitará seu descarte pós-uso, os biocombustível poderão ser utilizados tanto em lubrificantes tradicionais, à base de petróleo, como em lubrificantes também de origem vegetal.

Os aditivos atenderam a todos os critérios-padrão exigidos dos aditivos, incluindo as capacidades antifricção, antidesgaste, viscosidade, liquidez, ponto de inflamação elevado e estabilidade sob temperaturas extremas.

Em testes de laboratório de pequena escala, feitos para avaliar o desgaste e o atrito mediante o uso dos biocombustível, os pesquisadores verificaram que sua formulação à base de plantas tem desempenho igual ou superior aos aditivos à base de petróleo disponíveis comercialmente.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

biocombustível,
biodiesel,
bioaditivo,
combustível,
biolubrificantes,

-#biocombustível
-#biodiesel
-#bioaditivo
-#combustível
-#biolubrificantes

O que se deve perceber antes de contratar um transporte escolar

O que se deve perceber antes de contratar um transporte escolar

Com a volta as aulas depois desse grande período de ondas da pandemia que aconteceu recentemente, por diversas razões, seja por trabalho ou falta de um veículos muito pais optam por contratar serviços de transporte escolar ou o transporte público, independente do qual seja é necessário que tenha cuidado na hora de escolher o prestador do serviço, ainda mais se tratando de crianças.

Antes de contratar um prestador de serviços, é importante verificar:

  • As condições do veículo e da documentação pessoal do motorista e monitor (a).
  • Referências sobre o motorista em escolas, com pais, no sindicato dos condutores e/ou no Detran.
  • As condições de higiene do carro e o número de cintos de segurança. Todas as crianças transportadas devem estar com cintos de segurança.

Pré-requisitos do Condutor

O condutor do automóvel deve ter:

  • Idade superior a 21 anos.
  • Habilitação para dirigir veículos na categoria D.
  • Ter sido submetido a exame psicotécnico com aprovação especial para transporte de alunos.
  • Ter se formado em curso de Formação de Condutor de Transporte Escolar.
  • Possuir matrícula específica no Detran.
  • Não ter cometido falta grave ou gravíssima nos últimos doze meses.

Pré-requisitos do transporte ônibus, micro-ônibus, vans e VW Kombi

O veículo deve possuir:

  • Cintos de segurança em boas condições e para todos os passageiros.
  • Uma grade separando os alunos da parte onde fica o motor.
  • Seguro contra acidentes.
  • Para que o transporte de alunos seja mais seguro, o ideal é que os veículos da frota tenham no máximo sete anos de uso. Registrador de velocidade (tacógrafo), que é um aparelho instalado no painel do veículo que vai registrando a velocidade e as paradas do veículo em um disco de papel. Os discos devem ser trocados todos os dias e guardados pelo período de seis meses, porque serão exibidos ao Detran por ocasião da vistoria especial.
  • Apresentação diferenciada, com pintura de faixa horizontal na cor amarela nas laterais e traseira, contendo a palavra Escolar na cor preta.

Normas da Detran

Todo veículo que transporta alunos deve ter uma autorização especial, expedida pela Divisão de Fiscalização de Veículos e Condutores do Detran ou pela Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran). A autorização deve estar fixada na parte interna do veículo, em local visível.

Além das vistorias normais no Detran, o veículo que transporta alunos precisa fazer mais duas vistorias especiais (uma em janeiro e outra em julho), para verificação específica dos itens de segurança para transporte escolar. E com a pandemia, o transporte precisa ser higienizado e quando estiver aglomeração lembre-se de usar máscara.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

transporte escolar,
van,
transporte público,
contratar van em,
van escolar,

-#transporteescolar
-#van
-#transportepúblico
-#contratarvanem
-#vanescolar

Quando trocar a corrente dentada?

Quando trocar a corrente dentada?

A corrente do motor, mais conhecida como correia dentada, é uma peça fundamental para o funcionamento do veículo, isso porque no caso de partir, não tem como fazer o carro pegar nem mesmo no tranco, o pior é que não apresenta sintomas que vai pifar.
A melhor maneira de evitar ser pego em situações como essa, é saber quando trocar a corrente do motor, por isso, separamos algumas dicas que certamente vão ajudar.

Antes de começar o serviço, o Dr. Carro dá algumas dicas. Muito importante para você que presta serviço, neste caso quem faz troca da correia dentada.

Canal: DOUTOR CARRO Acessado no dia 18 de outubro de 2021

Dicas para troca de correia dentada

  • Sempre que um veículo atinge 40 mil quilômetros, é o momento exato de checar em que condições a correia se encontra, se ainda estiver boa, pode aguardar para que a troca seja feita ao atingir 50 mil quilômetros, mas, no caso de esticar esse prazo ainda mais, a correia enfraquece e pode romper, isto, com certeza, vai pesar no bolso!
  • Alguns especialistas recomendam inclusive, que essa verificação não seja feita somente a partir dos 40 mil quilômetros rodados, e sim, a cada 10 mil quilômetros, ou, até mesmo de 6 em 6 meses.
  • E não basta apenas trocar a corrente do motor, outras partes devem ser vistoriadas também, claro, que isso, pode variar de carro e modelo, mesmo assim, deve ser feita uma revisão do conjunto que é a transmissão de força, composto por polias e tensionadores.
  • Embora, a sugestão seja para trocar a corrente do motor a partir dos 10 mil e até 40 mil quilômetros, o ideal é sempre observar a orientação fornecida pelas montadoras que constam no manual do proprietário pois, geralmente são a partir dos 50 mil ou em média a cada 3 anos.
correia dentada
  • Existem veículos que são fabricados com outro dispositivo no lugar da correia, são as correntes de comando, executam a mesma função, só que a manutenção é diferente.
  • A vantagem da corrente de comando é que não necessita de checamento de forma preventiva, mas, no caso de apresentar problemas pode ser trocada, ou, até mesmo, quando o motor for retificado.
  • As correntes de comando são mais resistentes, e chegam até 100 mil quilômetros. Tem manutenção periódica que é a troca do lubrificante, pois a corrente metálica é lubrificada pelo próprio óleo do motor, e como o tensionador é hidráulico, precisa da pressão suficiente do sistema para ajustar a corrente de forma eficiente.
  • Para saber qual tipo de corrente do motor tem seu veículo, o melhor a fazer é ir até uma das lojas de Autocenter e levar junto o manual do veículo, assim, o mecânico pode orientar qual a data correta para a troca.
  • Caso não possua o manual, pesquise junto ao site da montadora do seu veículo e procure um profissional da área para lhe auxiliar.

Vídeo bacana com um profissional dando dicas sobre correia dentada.

Canal: Canal ITV Acessado no dia 18 de outubro de 2021

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras chave

correia dentada,
trocar correia dentada,
center rodas,
como colocar correia dentada,
quando trocar a correia dentada,

-#correiadentada
-#trocarcorreiadentada
-#centerrodas
-#comocolocarcorreiadentada
-#quandotrocaracorreiadentada

O que é retífica de motor e para que serve?

O que é retífica de motor e para que serve?

O que é Retífica de motor

Retífica de Motor é o nome do serviço que é feito dentro do motor nos veículos, afim de reparar ou substituir as peças ou os componentes, pelos danos causados geralmente devido ao desgaste natural, ou, as vezes causados pela falta de manutenção simples, como manter o nível de água, ou, fazer a troca de óleo no período estabelecido pelo fabricante.

O desgaste mesmo sendo natural, é causado pelo atrito das peças,  ferrugens, altas temperaturas, e mesmo para carros com manutenções preventivas em dia, é comum após os 200 mil km de rodagem, o carro necessitar de retífica no motor, para prolongar a durabilidade.

Quando fazer Retífica de Motor?

Mesmo para veículos mais novos, movidos a gasolina, álcool, flex, ou até mesmo a diesel,  pode haver a necessidade de ser feita a retifica no motor, principalmente quando apresentar alguns dos seguintes sintomas:

  • Quando for notado que na medição de óleo feita a cada 15 dias, o nível sempre precisa ser completado
  • Quando é visível o excesso de fumaça pelo escapamento, principalmente na cor escura
  • Quando o veículo não consegue desenvolver velocidades mais altas
  • Quando o carro começar a consumir mais combustível
  • Quando for observado que o motor fica superaquecido, devido a ventoinha estar sempre em funcionamento
  • Quando perceber que o motor está fazendo barulhos estranhos, ou, exagerados

Onde que é feito?

A Retífica de Motor, geralmente é feito em Oficinas Mecânicas, ou, em Auto Centers, sempre especializados no assunto, geralmente pode haver a necessidade de reposição de peças novas, mas, geralmente as peças desgastadas são reaproveitadas através do processo de usinagem, como serramento, aplainamento, torneamento, fresamento ou fresagem, furacão, brochamento, eletroerosão, entre outros.

A usinagem pode ser feita em alguns dos componentes que integram o motor, como virabrequim, bielas, bloco, cabeçote, comando, válvulas de admissão e de escape, volante, sede de válvulas entre outras, assim como algumas peças não podem ser feitas a usinagem, é o caso das bronzinas, das bielas, bronzinas de mancais, dos pistões, anéis ou pinos dos pistões, das juntas, retentores, dos selos da galeria d’Água de bloco e cabeçotes, entre tantos outros.

Quais os problemas de não fazer ou fazer mal feito

Além de problemas que podem atingir o motor, só pelo fato de andar sem água ou óleo, pode ocorrer ainda, quebra da correia dentada para alguns modelos de veículos, ou, para carros que ficam estacionados ao relento, embaixo de chuva ou frio, o fato de ligar o carro e sair, pode forçar o motor, acelerando demais até atingir a velocidade exigida.

Outro problema comum que pode acontecer, e poderia ser evitado, é quando o motorista tem a mania de ficar pisando na embreagem com o carro engatado, enquanto espera o semáforo abrir, esse hábito pode também custar caro para o bolso.

A Retífica do Motor dependendo dos problemas encontrados, pode ser feita de maneira parcial ou completa, como segue a explicação abaixo:

  • Retífica da parte de baixo, significa que poderá ser restauradas a parte do bloco, camisas dos cilindros, virabrequim, dos pistões e das bielas.
  • Retífica da parte de cima: o cabeçote, válvulas, guias, sedes com substituição do comando de válvulas, sendo que atualmente nos motores atuais, alguns veículos, o comando de válvulas trabalha no cabeçote, e em outros trabalha no bloco.

É importante que o serviço seja feito em Auto Center ou Mecânicas especializadas no assunto, e que tenham profissionais treinados para explicar ao cliente, o serviço que será executado em seu veículo, para prolongar a durabilidade do motor, e ter ainda, garantia do serviço.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chaves

oleo para eletroerosão,
retifica de motos,
retifica moto,
como retificar motor,
onde retificar o motor,

-#oleoparaeletroerosão
-#retificademotos
-#retificamoto
-#comoretificarmotor
-#onderetificaromotor

Como conseguir peças baratas?

Como conseguir peças baratas?

Quem tem carro ou moto já passou pela experiência de comprar peças para o veículo. Se você quer encontrar peças baratas para motos, ou peças baratas para carros, é bem fácil encontrar. O problema mesmo é encontrar peças baratas e com qualidade pelo menos semelhante ao original. Isso exige algum conhecimento sobre mecânica, conhecer um pouco sobre as marcas das peças, e uma boa dose de conhecimento da arte da negociação.

Em 3 anos que já trabalho por hobby com mecânica de motos, já aprendi muito, errei muito, e consegui ver as grandes diferenças na qualidade e preço das peças de veículos brasileiros. Reuni neste artigo toda a experiência que ganhei nesse tempo, e aprendi com meus amigos mecânicos, torneiros mecânicos, e entusiastas.

Pesquise o preço das peças

Sites de comparação de preços, classificados online, redes sociais. A internet hoje possibilita a compra de peças das mais variadas fontes, e com os mais diversos preços. A concessionária, na grande maioria das vezes, é onde as peças estão mais caras. Ferros velho são opções boas para alguns tipos de peças. Mas depois de fazer essa pesquisa, você precisa aprofundar mais no assunto.

Em fóruns e até na própria concessionária, as pessoas podem te ajudar a encontrar outros lugares para comprar peças genuínas ou originais. Muitas vezes, a mesma empresa que fabrica a peça para uma montadora vende a mesma peça no mercado pela metade do preço, ou muito mais barato. Quer ver um exemplo bem simples?

sac@duasequatrorodas.com.br

Os cabos de acelerador da minha moto custavam, cada um, mais de R$100 na concessionária. No mercado, a mesma marca, custava metade do preço. Retentores, rolamentos, e um simples anel elástico podem ter as maiores diferenças de preço. Já vi anel elástico sendo vendido por R$20 na concessionária e por R$0,20 em uma loja especializada. É uma diferente de mais de 9000% no preço.

Se você tem um carro importado ou mais antigo, sites como o Car-Part.com podem te ajudar a encontrar a peça lá fora. Em alguns casos, vale até importar e pagar todos os impostos. Ou pedir para algum amigo que está viajando ao exterior para comprar e trazer a peça para você.

Peças complementares, como retentores e rolamentos, são mais baratos e com melhor qualidade fora da concessionária. Alguns tipos de rolamento específicos podem não existir fora da rede de concessionárias, e você não terá muitas opções.

Confirme o número da peça e a compatibilidade

Muitos vendedores tentam empurrar peças de qualquer jeito para seus clientes. Vão falar que o retentor tem uma tolerância X ou Y para o tamanho, ou vão falar que a peça Z é compatível com o seu motor O. Você vai precisar mesmo é ligar pra concessionária ou usar o catálogo de peças do seu veículo, e pegar o número da peça. O manual de serviços do seu veículo é também importante, pois pode indicar qual a peça correta. O importante aqui é pesquisar bem, pois até o mesmo modelo em um mesmo ano, pode ter peças diferentes. Fóruns na internet e clubes do carro ou moto para o qual você quer comprar a peça ajudam bastante nas informações e até para aprender sobre a mecânica do seu veículo.

Pechinche o preço das peças com educação

Pesquisar o menor preço ajuda para negociar o preço de uma peça. Muito. Mesmo quando o preço é de produtos na internet, muitos lojistas de lojas físicas fazem de tudo para bater o preço, ou baixar o máximo possível. O negócio é não perder a venda. E você tem que pensar que pagar um pouco mais caro que o preço na internet pode valer a pena, principalmente pela praticidade de poder trocar a peça na sua cidade, e ter a peça imediatamente.

Classificados e lojas online nem sempre são a melhor opção para comprar peças baratas

Pela praticidade, parece que quase sempre é possível encontrar peças mais baratas pela internet. Só que não é bem assim. Mais de uma vez já acabei comprando peças pela internet e quando fui na concessionária, descobri que a peça era mais barata ou tinha preço equivalente. Não se iluda com a internet, a praticidade de pesquisar tudo online e receber em casa pode ter um custo extra desnecessário.

Aproveite cupons de desconto, promoções, e feirões de peças

Em lojas online, você pode usar cupons de desconto, além de promoções, para conseguir os melhores preços. Em lojas físicas, é muito comum feirões de peças para limpar o estoque. Feirões de peças originais ou genuínas bem baratas tem se tornado comum, e muitos mecânicos e entusiastas aproveitam para fazer um pequeno estoque de peças que desgastam rapidamente ou apresentam problemas com frequência.

Comprar pessoalmente ajuda nos descontos para peças ou mão de obra

Eu frequentemente vou à concessionária para fazer orçamentos, ou levar minha moto para revisão. Sempre que possível, peço um desconto na mão de obra ou no preço das peças, ou pelo menos a possibilidade de dividir em mais parcelas. Nem sempre funciona, mas já conseguir peças de brinde, e hoje tenho a liberdade até para perguntar e saber onde comprar as peças originais mais baratas que na concessionária.

Recrute amigos e mecânicos na sua busca por peças

Já teve peças em que tive que pedir a ajuda de vários amigos, tanto online quando da “vida real’, para encontrar uma peça X. Essa Rede Social de pesquisa de peças funciona melhor quando você está pesquisando peças de veículos mais raros, importados de luxo, ou veículos mais antigos. No ramo da restauração de veículos antigos, esse recrutamento é a forma mais eficiente de conseguir peças difíceis de achar no mercado.

Canal: Bruno Milhorance Acessado em 11 de outubro de 2021

Principalmente nos leilões da Receita Federal, muitas motos e carros que não podem ser recuperados para rodar nas estradas (sucata), são vendidos bem barato. Pode valer a pena comprar um veículo de sucata para reaproveitar as peças, principalmente se seu carro ou moto tem mais de 10 anos da data de fabricação do último modelo. Muitos restauradores de carros antigos chegam a comprar mais de um carro sucata para o trabalho de restauração. O melhor é que as peças não utilizadas podem ser vendidas, e você ainda faz um lucro com as peças que não for usar.

Prefira sempre peças originais ou genuínas

Paralelas, com raras exceções, são piores do que as originais ou genuínas. Se a paralela é sua única opção, então pesquise qual a melhor marca para a peça que você precisa.

A concessionária é o lugar mais caro (quase) sempre

Se você não encontrou a peça que precisa com as estratégias acima, então é hora de abrir o bolso pra concessionária. Quase sempre, é o lugar mais caro, mas podem haver exceções. Como precaução, deixe a concessionária como última opção para suas compras de peças baratas, ok?

Fonte: Carro de Garagem

Post Relacionados

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chaves

peças baratas,
peças de carro,
peças de moto,
melhores sites para comprar peças de carros,
comprar peças de carros,
motos para comprar baratas,
peças baratas para carros,
pecinha rodas auto center,
moto mais barata,

-#peçasbaratas
-#peçasdecarro
-#peçasdemoto
-#melhoressitesparacomprarpeçasdecarros
-#comprarpeçasdecarros
-#motosparacomprarbaratas
-#peçasbaratasparacarros
-#pecinharodasautocenter
-#motomaisbarata

Conheça o Puma Club do Brasil

Conheça o Puma Club do Brasil

O Puma Club do Brasil surgiu após contatos com diretores da fábrica em Curitiba/PR e outros entusiastas da marca, um grupo de pessoas se reúne com o intuito de preservar os veículos Puma, suas particularidades, curiosidades, e o seu contexto na história automobilística nacional.

Em solenidade pública, ocorrida em encontro de veículos antigos no Shopping Estação Plaza, foi fundado o Puma Cclub do Brasil, na qual os presentes assinaram a ata de fundação e o banner da PUMA doado pela fábrica, elegem sua diretoria e registra seus estatutos.

O Puma Club do Brasil, passa a promover encontros todas as Terças a noite e aos Domingos pela manhã, com o intuito de reunir seus associados e aficionados da marca, inicia busca de material para criação de uma biblioteca que irá auxiliar aos associados na restauração de seus veículos dentro dos padrões de originalidade.

Contato com Puma Club do Brasil

email: contato@pumaclubdobrasil.com.br

Localidade: Curitiba Paraná – Brasil

Facebook

Fonte: www.pumaclubdobrasil.com.br/

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chaves

puma center,
ademir auto center,
puma auto center,
puma,
puma moto club,

-#pumacenter
-#ademirautocenter
-#pumaautocenter
-#puma
-#pumamotoclub