Quais problemas acontece com um carro parado muito tempo?

Quais problemas acontece com um carro parado muito tempo?

A lógica que deveria ser comum conhecimento comum, os veículos são projetados para estarem em funcionamento, sendo para passeio, viagens e até mesmo para serviço de transporte. Em função disso, deixar um veículo muito tempo parado, pode afetar peças como travões, bateria, embreagem, sem falar que afeta também o óleo do motor e o combustível.

carros abandonados

O que fazer quando o veículo vai ficar muito tempo parado

Um dia antes de sair em viagem, desconecte os cabos da bateria para preservar a energia e integridade do sistema elétrico.

Embora saiba que vai desligar a bateria, precisa estar carregada para garantir o funcionamento depois de retornar.

É importante salientar que ao deixar um veículo muito tempo parado, mesmo que somente por uma semana e, prefira não desconectar a bateria, se tiver alarme ou imobilizador a bateria descarrega e estraga.

principais problemas com carros parados

E quanto a pintura do veículo?

É preciso proteger a pintura se deixar o veículo muito tempo parado na garagem! O pó e a umidade mesmo quando estacionado na garagem coberta, entra dentro do carro, inclusive no motor.

O melhor é cobrir o veículo limpo com uma capa própria para esse fim. Nada de improvisos com cobertores ou panos. Caso contrário, a pintura do carro pode ficar com aspecto queimada, se ficar coberta de poeira, pior ainda, se a pintura já estiver meia boca! Prejuízo com certeza.

Mas atenção, retornando de viagem é preciso retirar a capa com cuidado para não riscar a pintura. Aliás, veículo muito tempo parado embora coberto com capa, deve ficar estacionado num local sem sol ou chuva. Senão, as gotículas de umidade em contato com a pintura, podem corroer e criar pontos de ferrugens.

pintura do carro

Tem como proteger os limpadores de para-brisas?

Infelizmente, quanto aos limpadores de para-brisas, não tem como protegê-los! Visto que o uso diário com exposição ao sol e chuva, acabam ressecando as borrachas, mesmo de silicones. E como o veículo vai ficar muito tempo parado, certamente as paletas terão de ser substituídas antes de sair com o carro da garagem.

Dependendo do tempo em que o veículo fica parado, é bom estar atento também as máquinas dos limpadores se estão ainda, em perfeito funcionamento.

para-brisa de carro parado

O veículo precisa ficar estacionado com o freio de mão acionado?

Não é recomendado deixar o veículo muito tempo parado com o freio de mão puxado, mesmo que seja apenas 1 mês.

O ideal é que fique apoiado com calços nas rodas, senão, o breque mantido acionado por muito tempo pode provocar empenamento das sapatas.

Isso acontece por que a umidade do local oxida as lonas de freio que podem colar no tambor, travando as rodas traseiras.

freio de mão de carro

O câmbio do veículo muito tempo parado pode ser afetado?

O câmbio do veículo também merece atenção. Em veículos automáticos estacionados o câmbio deve permanecer na posição P. Já veículos de câmbio manual, deixe engatado na marcha a ré.

câmbio de carro

E os pneus?

O ideal é calibrar acima do recomendado para que a forma original seja preservada. Claro que mesmo assim, estarão murchos, sendo necessário ir direto ao borracheiro.

pneus do carro parado

Óleo do motor e combustível

Conforme informado no primeiro parágrafo, o óleo do motor e o combustível devem ser substituídos ao sair da garagem, pois, perderam o objetivo inicial, comprometendo o motor.

óleo de motor

Fluído de freio

É preciso que o fluido de freio seja substituído de imediato, pois, tem a propriedade de absorver umidade devido ao veículo muito tempo parado.

Por isso, é importante usar os freios de forma suave para saber se está com problemas nas pinças e cilindro, pois, travariam as rodas.

fluído de freio

sac@duasequatrorodas.com.br

Quanto mais o veículo fica parado na garagem, mais corre risco de oxidar discos e tambores do sistema.

Para deixar o carro parado no mínimo por 1 mês, o melhor a fazer é deixar o tanque de combustível na reserva para diminuir a chance de filtros e injetores entupidos. Para veículos que tem o tanquinho de partida a frio, é necessário esvaziá-lo também.

Como existem muitos modelos e fabricantes de veículos, talvez, nem todas dicas possam ser aplicadas. Seja como for, providencie uma checagem completa no veículo, assim, que retornar de viagem.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

problemas com com carro parado,
carro abandonado,
principais problemas com carros parados,
pintura do carro,
para-brisa de carro parado,
freio de mão de carro,
câmbio de carro,
pneus do carro parado,
óleo de motor,
fluído de freio,
2e4rodas,

-#problemascomcomcarroparado
-#carroabandonado
-#principaisproblemascomcarrosparados
-#pinturadocarro
-#para-brisadecarroparado
-#freiodemãodecarro
-#câmbiodecarro
-#pneusdocarroparado
-#óleodemotor
-#fluídodefreio
-#2e4rodas

A importância na Calibragem de Pneus

A importância na Calibragem de Pneus

Cerca de metade da frota dos veículos brasileiros estão acostumados a rodar com a calibragem que não é compatível com o veículo, isto porque, os carros são projetados de acordo com estudos feitos, inclusive sobre a calibragem exata para a rodagem, oferecendo assim, primeiro a segurança dos ocupantes, e depois prolongando a durabilidade do veículo.

calibragem de pneu

Problemas causados pela falta de Calibragem

O que alguns desconhecem, é que o veículo ao rodar com a calibragem que não corresponde ao veículo, seja baixa ou alta demais, apresenta muitas vezes riscos de acidentes, levando o motorista a perder a dirigibilidade, sem levar em consideração as condições das rodovias.

Durabilidade dos Pneus sem Calibragem

Os veículos que rodam com pneus mesmo sendo das melhores e mais conceituadas marcas, pelo fato de estarem fora de sua calibragem original, que deve ser observada no manual do proprietário para ser cumprida, acabam reduzindo a vida útil dos pneus em até 8.500 km, gerando assim, ônus desnecessários para o motorista para cada troca dos pneus.

Qual a Calibragem correta para os Pneus

A calibragem correta dos pneus, pode ser lida no manual do proprietário, e na falta deste, os fabricantes disponibilizam os dados através de plaquinhas, ou, de carimbos, que podem estar na lateral das portas do veículo, ou, na tampa de abertura de combustível, e ainda, em alguma outra parte do veículo, vai depender do fabricante e do modelo do veículo.

calibragem correta do pneu

Tipos de Calibragem

Na realidade existem somente 2 tipos de calibragens, isto é, 2 tipos de libras, que é a medida usada para a calibragem dos pneus, a mais comum é para rodar na cidade, a outra, é para rodar nas estradas em viagens, nesse caso, deve ser levado em conta a quantidade de passageiros, somado ao peso das bagagens, por isso, a calibragem é diferente de quando se roda somente no dia a dia na cidade, garantindo maior segurança aos ocupantes do veículo.

Importância da Calibragem em Viagens

É interessante lembrar, em caso de viagens mais longas, que seja observado a calibragem dos pneus em cada uma das paradas, pois, a tendência da rodagem nas estradas é elevar a calibragem dos pneus automaticamente, devido ao atrito com o asfalto e ao calor produzido, representando assim, certa instabilidade ao dirigir, vale lembrar que a calibragem dos pneus deve ser feita, principalmente na hora da volta, antes de pegar a estrada novamente.

calibragem de moto

Como fazer a Calibragem dos Pneus em Postos de Serviços

Antes de mais nada, o motorista precisa saber qual é a quantidade ideal de libras para seu carro, para que seja informado ao frentista, quando for ao Posto de Serviços, caso não saiba, aproveite e pergunte ao frentista quantas libras vai em seu carro, geralmente eles já sabem.

Como fazer a Calibragem dos Pneus

Caso queira fazer a calibragem dos pneus de seu veículo, é muito fácil, 1º regule o visor do calibrador de pneus com as libras corretas para seu veículo, depois retire a tampinha do pneu, encaixe o bico para encher de ar, e quando atingir a libra digitada, haverá um aviso sonoro, feito isso, é muito importante que as tampinhas sejam recolocadas nos pneus, pois, garantem que o ar não escape, caso aconteça, o pneu pode murchar, e causará transtornos quanto a troca.

como fazer calibragem

Risco em Rodar com Pneu Baixo

Em casos extremos, se por algum motivo venha a rodar com o pneu vazio, porque não foi calibrado e está baixando, ou, ainda, porque está furado, saiba que isto pode destruir as camadas do pneu, e de acordo com o tempo rodado nessa situação, com certeza ficará no prejuízo, porque o pneu não terá mais conserto.

Como continuar com o Balanceamento nos Pneus

Não esqueça que em caso de precisar do serviço de borracheiro, deve ser observado se o peso de chumbo, utilizado para o balanceamento do pneu, se este será colocado no mesmo lugar, senão o carro perde o balanceamento das rodas, o que representaria mais gastos desnecessários.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

calibragem de pneu,
calibragem pneu da moto,
importância da calibragem,
como calibrar,
2e4rodas,

-#calibragemdepneu
-#calibragempneudamoto
-#importânciadacalibragem
-#comocalibrar
-#2e4rodas

O que é o catalisador e qual a sua função?

O que é o catalisador e qual a sua função?

O Catalisador ou Conversor Catalítico como também é conhecido, é uma peça utilizada para reduzir a toxina dos gases poluentes, que são lançados na atmosfera pelo escapamento do automóvel e são gerados devido a combustão interna do motor.

Gases Poluentes filtrados pelo Catalisador

O Catalisador é necessário para filtrar a emissão de 3 tipos de gases, criados pela combustão do motor, que são os seguintes:

  • Monóxido de Carbono (CO), gerado na combustão parcial dos hidrocarbonetos.
  • Compostos Orgânicos Voláteis (VOC), gerado na reação parcial dos hidrocarbonetos.
  • Monóxido de Nitrogênio (NO), gerado na reação entre azoto atmosférico e o oxigênio.

Funcionamento do Catalisador

O Catalisador trabalha com 3 vias que são:
Catálise Redutora, Catálise Oxidante e o Sensor de Oxigênio, o qual regula a entrada de ar/combustível no motor, podendo ainda oxidar o monóxido de carbono (CO) e os hidrocarbonetos (HC) a dióxido de carbono e água, reduzindo os óxidos de azoto (N2)

Problemas que o Catalisador pode apresentar

Caso o Catalisador seja contaminado com substâncias que possam afetar o funcionamento, não obterá êxito em sua função, que é tratar os gases antes de serem lançados no ar, sendo que as fontes de contaminação podem ser diversas, como chumbo que pode ser encontrado na gasolina, manganês, encontrado em aditivos, silício quando há vazamentos do líquido de arrefecimento para a câmara de combustão, e ainda, fósforo, zinco e cálcio, estes são provenientes das impurezas encontradas nos lubrificantes de motores.

sac@duasequatrorodas.com.br

Importância do Catalisador no Meio Ambiente

O Catalisador é a opção ideal para controlar diretamente na fonte, a emissão de hidrocarbonetos (HC) e o monóxido de carbono (CO) em até 90%, reduzindo a emissão de 10 a 50%, graças as partículas eliminadas da gasolina, evitando assim, a inalação dos gases, pois não são lançados na atmosfera. Esses gases ao entrar em contato com a atmosfera, além de agredir a camada de ozônio, ainda, provocam o surgimento da chuva ácida e contribui para o aquecimento global.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

catalisador,
conversor catalítico,
escapamento do automóvel,
funcionamento do catalisador,
catálise redutora,
catálise oxidante,
sensor de oxigênio,
2e4rodas,

-#catalisador
-#conversorcatalítico
-#escapamentodoautomóvel
-#funcionamentodocatalisador
-#catáliseredutora
-#catáliseoxidante
-#sensordeoxigênio
-#2e4rodas

A importância da regulagem dos faróis

A importância da regulagem dos faróis

Os faróis é mais um dos itens fundamentais para segurança dos ocupantes do veículo, principalmente para o motorista que depende dos mesmos para enxergar não só os outros carros, mas, as pessoas atravessando as ruas, enxergar a tempo para desviar de buracos, obstáculos, depressões no solo, até mesmo de animais que atravessam a rua rapidamente. 

Importância da Regulagem de Faróis

Para a boa visão principalmente a noite, a regulagem dos faróis começa pela manutenção das lâmpadas que devem estar sempre cristalinas, e quando os faróis estão desregulados, iluminam sempre o local errado, estando muito altos, iluminarão os olhos dos outros motoristas no sentido contrário, causando inclusive perda momentânea da visão, se estiver muito baixo, o campo de visão da rodovia fica curto demais, podendo por não iluminar algum veículo parado no acostamento ou no meio fio, além de não ver as placas ou sinais de trânsito.

Prazo para fazer a regulagem de Faróis

A regulagem dos faróis deve ser feita a cada 6 meses de acordo com as informações do fabricante, ou sempre que for percebido que os faróis não estão mais iluminando o suficiente. 

Como é feito a Regulagem de Faróis

A regulagem de Faróis deve ser feita através de um equipamento chamado Alinhador de Faróis, e executada por profissionais especializados e treinados, para lidar principalmente com os faróis Xenon e Halógenos, pelo fato que esses faróis possuem uma iluminação 2,5 maior que qualquer outro farol, requerendo uma regulagem exata, afim de não prejudicar principalmente os motoristas que vem em sentido oposto.

Por que os Faróis perdem a Regulagem?

Alguns fatores são responsáveis pelos faróis que foram alinhados a pouco tempo, e agora é fácil perceber que estão desregulados. Por quais motivos? A resposta é simples, os faróis podem ficar desregulados após uma pequena colisão, ou, se o motorista costuma trafegar em estradas ou ruas desniveladas, ou ainda, se o motorista viaja constantemente para lugares muito úmidos ou trafega muito em estradas de terra.

Qual a multa para a Falta de Regulagem de Faróis

O importante é sempre prevenir, fazendo a manutenção, não só dos faróis, como das lanternas, dos piscas, das luzes de freio e de ré, lembre-se, não é só a questão da segurança dos passageiros, existem também as multas e pontuações na carteira, e nesse caso, o valor da multa para faróis desregulados é de R$ 127,69, além de 5 pontos na carteira. Pense nisso.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras chave

importância da regulagem dos faróis,
prazo para fazer a regulagem de faróis,
como é feito a regulagem de faróis,
desregulagem,
multa,
2e4rodas,

-#importânciadaregulagemdosfaróis
-#prazoparafazeraregulagemdefaróis
-#comoéfeitoaregulagemdefaróis
-#desregulagem
-#multa
-#2e4rodas

Desafios da mobilidade urbana sustentável

Desafios da mobilidade urbana sustentável

Enfrentar os desafios da mobilidade urbana sustentável tem sido a meta de muitos países para melhoria da administração nas grandes metrópoles.

A chegada do primeiro carro movido a gasolina construído por Karl Benz em 1885, marcou o início de uma era de motos, frotas de caminhões e veículos dos mais simples aos sofisticados com tecnologia embarcada.

A urgência pela mudança

Durante anos o único objetivo era o lançamento de veículos cada vez mais potentes, deixando de lado a qualidade do ar e a poluição causada pelo despejo de CO² emitido pelos escapamentos, tornado mais grave pelo excesso de trânsito nas grandes cidades.

Somente no Brasil, houve um aumento significativo na frota de motos e veículos, algo em torno de 400%, isto apenas entre 2007 e 2017. Esses motivos levaram muitos países a rever os conceitos e aceitar que os desafios da mobilidade urbana sustentável, devem ter prioridade sobre vários outros assuntos, a fim de ser garantido uma qualidade de vida melhor no futuro.

É preciso que atitudes simples sejam tomadas, voltadas sempre para uma mobilidade urbana sustentável, claro, que algumas já estão em pleno vapor no Brasil, infelizmente, não é nem a décima parte do que realmente deve ser feito.

sac@duasequatrorodas.com.br

Mobilidade urbana sustentável no Brasil

  • Na gestão da prefeitura anterior somente na cidade de São Paulo, foram criadas aproximadamente 400 km de ciclovias, alguns bairros fazem integração com ônibus e metrô;
  • Algumas cidades também implantaram as ciclovias, em outras estão sendo construídas, o importante é não parar projetos como esses, já que a mobilidade urbana valoriza as pessoas, pois, terão mais conforto, menos tempo no trajeto, melhorando a qualidade de vida e saúde; 

Fazer parte dos trajetos a pé, é outro dos desafios da mobilidade urbana sustentável, assim, como pedalar com segurança pelas ciclovias ou ciclofaixas que além de não poluir o ambiente, ajuda pessoas sedentárias a praticar atividades físicas.

Conheça alguns soluções para a mobilidade urbana sustentável

Ciclovia e ciclofaixas

A criação de ciclovias e ciclofaixas exclusivas para ciclistas trafegarem com segurança pelas estradas, conforme implantada na Alemanha ligando as cidades de Dortmund a Duisburg, poderia ser copiada no Brasil, principalmente nas cidades ao redor das capitais, onde trabalhadores se deslocam diariamente para o trabalho.

Frota de veículos elétricos

Empresas privadas precisam investir mais em veículos elétricos na execução de serviços dos mais variados, assim, contribuiriam para a mobilidade urbana sustentável. A vantagem é que ao trabalhar com veículos elétricos não dependem de combustível, e jamais interrompem o serviço.

Transporte público moderno

Ônibus públicos precisam oferecer conforto aos usuários como tomadas para carregar o celular, Wi-Fi, e ar-condicionado a bordo, alguns já tem comodidades como essas. Na Espanha na cidade de Catalunha, alguns ônibus têm telhados verdes no teto em vez de ar-condicionado dentro, instalados para ajudar a purificar o ar nas cidades, além de refrigerar os passageiros.

Reaproveitamento dos Orelhões

Quando o assunto é carro elétrico, ainda são poucos os lugares onde podem ficar conectados para a recarga. A cidade de Nova York inovou nesse sentido, e está projetando reaproveitar os orelhões instalados que estão quase extintos e sem uso devido ao celular, e transformá-los em locais para recarregar os veículos. O mesmo poderia ser feito não só no Brasil, como em outros países.

Trem com vagão exclusivo para bicicletas

Na cidade de São Paulo, o último vagão da linha do metrô é destinado para o ciclista e sua bicicleta, mas, outros passageiros também podem entrar, não tornando uma viagem totalmente confortável.

Já na Alemanha, em Stuttgart (Alemanha), a ideia foi criar um vagão exclusivo para estacionar as bicicletas dos ciclistas, enquanto eles ficam no vagão normal com outros passageiros, e pegam as bicicletas no desembarque.

Passagens de metrô e ônibus grátis

O projeto da China permite ao usuário de metrô/ônibus andar sem pagar nada. Basta que leve garrafas PET na estação, onde há postos para coleta que trocam pelo tíquete de passagem. Ideia fantástica que seria muito bem-vinda em todas as regiões do Brasil, além de ser ecologicamente correta.

sac@duasequatrorodas.com.br

Leitura nos ônibus em São Paulo

Durante os trajetos cansativos de ônibus pelas ruas de São Paulo, pode ser lido um bom livro oferecido pelo projeto Parada do Livro, que oferece leitura gratuita de livros doados.

Alguns desses projetos diminuem o tempo de viagem, ou promovem conforto aos passageiros sem causar impactos ao meio ambiente, mesmo assim, há muito para ser feito, a começar pela qualidade oferecida nos transportes públicos.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

mobilidade urbana,
mobilidade urbana sustentável,
sustentabilidade,
mobilidade urbana Brasil,
ciclovias e ciclofaixas,
veículos elétricos,
transporte público,
metrô,
ônibus,
2e4rodas,

-#mobilidadeurbana
-#mobilidadeurbanasustentável
-#sustentabilidade
-#mobilidadeurbanaBrasil
-#cicloviaseciclofaixas
-#veículoselétricos
-#transportepúblico
-#metrô
-#ônibus
-#2e4rodas