Bicicletas motorizadas precisam de CNH?

Bicicletas motorizadas precisam de CNH?

Bicicletas tem sido a boa alternativa para quem não deseja utilizar o transporte público. Mesmo porque, na maioria das vezes, é como entrar numa lata de sardinhas.

Por isso, é algo que tem muito que melhorar, criando ciclovias para a segurança do cidadão com acessos direto aos terminais de ônibus, trem e metrô. No entanto, outra opção que além de ser mais rápida, evita que o ciclista chegue cansado ao destino. São as bicicletas motorizadas, mas, será que é só sair pedalando por aí, ou precisam de CNH?

sac@duasequatrorodas.com.br

Por que as bicicletas motorizadas são atraentes?

Nos últimos anos devido a falta de um transporte público de qualidade, as bicicletas motorizadas acabaram se revelando ótima estratégia para o deslocamento entre casa, trabalho e, escola. O preço pode ser o principal atrativo, já que enquanto uma moto zero km sai a partir de R$ 11 mil, a bicicleta motorizada sai a partir de R$ 2 mil.

Realmente, se a ideia é não depender mais do transporte público, e a grana tá curta para ter uma moto, a saída é apelar para as bicicletas motorizadas

Mas, afinal, precisam de CNH? 

Embora seja somente uma bicicleta fabricada praticamente com as mesmas peças de uma bicicleta comum, o diferencial é que tem motor e, as vezes, transmissão. Certamente é o que garante força e velocidade para o ciclista, para não se cansar.

Quanto a obrigatoriedade de ter CNH, é um assunto que sempre em discussão, não em respeito a usabilidade, mas, sim, pela legislação quanto ao seu uso. A discussão sempre é gerada em torno se bicicletas motorizadas podem ser consideradas ciclomotor ou não.

Autorização para Conduzir Ciclomotor chamada de ACC

Eventualmente, determinou-se em lei de forma explícita que bicicletas construídas com motores, independentemente de sua velocidade máxima, faz parte do grupo dos ciclomotores. E para casos como esses, é preciso ter a Autorização para Conduzir Ciclomotor chamada de ACC.

Mesmo assim, não há uma regulamentação específica para a ACC, Autorização para Conduzir Ciclomotor, ou seja, não está exatamente claro se já é ou não obrigatória. Trocando em miúdos, a única forma de obter uma ACC é com a obtenção de uma CNH A. Por outro lado, não é possível exigir uma CNH A para que a pessoa possa conduzir um ciclo motor! Incrível isso, não acha?

Quer dizer que, na prática, não é regulamentada a exigência desta habilitação. Desta forma, a permissão não é exigida, mas o condutor também não possui uma segurança jurídica a longo prazo.

Quais as vantagens das bicicletas motorizadas

Contudo, sendo obrigatório ou não a CNH A, ou, ACC, a facilidade que oferece no ir e vir do ciclista ficam garantidas. Já que oferece vários aspectos positivos melhores que uma bicicleta comum, como, conforto, agilidade e automatização mecânica!

Sem dúvida, a maior vantagem da bicicleta motorizada sobre uma comum, é a possibilidade de manter-se em velocidade mais alta no trânsito. Quem costuma andar de bicicleta como meio de transporte sabe que atingir uma boa velocidade no trânsito leva algum tempo, além de muito esforço físico. Tanto que as vezes, quem tem pressa e vai de bicicleta, além do cansaço, chega totalmente suado. Já com o auxílio da motorização, chega rapidamente a uma boa velocidade sem esforço algum.

Facilidade nas subidas

Outro problema também que é resolvido facilmente com as bicicletas motorizadas, são as cansativas subidas! Onde muitas vezes, encontramos o ciclista empurrando a bicicleta até o alto! Imaginem só, que maravilha, uma bicicleta que sobe as ruas íngremes sem nenhum esforço.

Além disso, com a versão motorizada, o motor simplesmente auxilia sua pedalada. Especialistas dizem que a sensação de contar com o motor em uma subida com o auxílio da motorização é bastante semelhante à sensação de pedalar em um local reto. Quer dizer que não será necessário interromper a pedalada no alto da subida para recuperar o fôlego antes de continuar a jornada.

Sem gastos com estacionamentos

Não podemos esquecer que existem outras vantagens nas bicicletas motorizadas. O gasto com estacionamentos! Como resultado, tudo que tem a fazer,é estacionar num local permitido para bikes, colocar uma corrente e pronto.

Não será preciso alugar uma vaga na garagem próximo ao local de trabalho, nem ficar na fila de carros principalmente dentro de shoppings procurando vagas. Mesmo assim, vale lembrar que o local mais seguro para pilotar é nas ciclofaixas, ou, em vias onde bicicletas motorizadas sejam permitidas trafegar.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

bicicletas motorizadas precisam de CNH,
bicicleta motorizada,
bicicleta elétrica,
ciclomotores,
2e4rodas,

-#bicicletasmotorizadasprecisamdeCNH
-#bicicletamotorizada
-#bicicletaelétrica
-#ciclomotores
-#2e4rodas