Como não acarretar problemas no seu carro

Como não acarretar problemas no seu carro

Por que alguns carros passam mais tempo na oficina que outros? A resposta provável é porque os proprietários não devem estar atentos as manutenções preventivas, como nível da água ou óleo. No entanto, manutenções preventivas podem não ser o bastante, o percurso do caminho feito todos os dias pode ser o grande vilão. Por isso, é interessante que aprenda como não acarretar problemas no seu carro e, assim, controlar os gastos com o carro.

Quer saber como não acarretar problemas no seu carro? Olho no percurso diário

  • Sempre que um carro trafega por ruas mal pavimentadas diariamente, pode não parecer, mas, certamente está contribuindo para acarretar problemas no seu carro. Isso, acontece facilmente, ainda mais, quando não tem outras opções para chegar a determinado lugar;
  • Em pouco tempo começa a notar que o carro não está tão silencioso como antes. Razão de ter arrumado problemas no seu carro com amortecedores estourados, molas quebradas, rodas deformadas e pneus danificados;
  • A solução é mudar o caminho o quanto antes, senão gasta uma grana no mecânico e, em pouco tempo os barulhos voltam.

Ligue sempre o ar-condicionado

  • Aquela história que ligar o ar-condicionado somente em dias muito quentes para não gastar combustível demais, é meio furada.
  • Não quer dizer que realmente não gaste mais combustível, mas, quanto menos ligar o ar-condicionado, mais chance que ao chegar o verão vai gastar muito com a manutenção;
  • Pois, tem 90% de chance de ter ressecado as mangueiras, assim, o gás vazou. Resumo, economizou com o combustível, mas, vai gastar para colocar o ar-condicionado em dia.
  • Para não acarretar problemas no seu carro com o ar-condicionado, ligue todos os dias, inclusive nos dias frios só um pouco, assim, previne o ressecamento das mangueiras;

sac@duasequatrorodas.com.br

Como frear sem acarretar problemas no seu carro

  • A maioria dos motoristas sabem que para frear com segurança, nada melhor que pisar no freio. Acontece que alguns motoristas preferem reduzir a velocidade utilizando a redução de marchas;
  • Pode parecer inofensivo, mas, reduzir as marchas para desacelerar, aumenta a tensão nos rolamentos e, reduz a vida útil da transmissão;

Carro sem uso por tempo prolongado

  • As vezes por uma questão de viagem, o carro pode permanecer alguns dias parado. Nesse caso, o melhor a fazer é pedir que alguém ligue o carro todos os dias, ou, deixe ao cabo da bateria desconectado.
  • Porém, o ideal é andar com o carro pelo menos 1 vez por semana para não acarretar problemas no seu carro, como bateria descarregada, freios e a embreagem travados ou colados;
  • A gasolina no tanque perde a validade, além de oxidar. Os pneus também sofrem as consequências já que ficam murchos e tortos, para prevenir deixe o carro sobre cavaletes;

Tanque na reserva dá problemas no seu carro

Rodar com o tanque sempre na reserva pode acarretar problemas no seu carro visto que pode estar danificando o sistema de alimentação, porque os sedimentos vão se acumulando no fundo do tanque. Caso aconteça, pode danificar a bomba, o filtro e entupir a injeção eletrônica.

Cuide da lataria no seu carro

  • Tem motoristas que ao menor arranhão levam o carro ao funileiro para fazer o reparo. Entretanto, a maioria das pessoas esperam ter mais de um problema para levar na funilaria, um amassadinho aqui, outro risquinho ali;
  • Mas, se riscos mais profundos começam enferrujar, pode dar lugar para corrosão espalhar e, nesses casos, além de um serviço mais demorado, a mão de obra será maior.

Quanto mais o carro anda melhor

  • Sabe aquela sensação que quanto mais utiliza o carro mais está provocando desgaste em tudo? É outra furada! Na verdade, o que mais desgasta o motor, é ligar o carro todo dia para dar uma voltinha curta, tipo, até a padaria e nada mais!
  • Como o carro praticamente nem esquentou, é mais fácil ocorrer desgaste do motor logo na partida, quando o óleo ainda está frio e muito espesso. Dessa maneira, o óleo não lubrifica as peças como deveria, causando atrito entre elas. Além disso, o motor também queima mais combustível quando está frio;
  • Portanto, se é apenas para dar uma volta no quarteirão, deixe o carro em casa para não acarretar problemas; 

Líquido de arrefecimento

  •  melhor maneira de prevenir superaquecimento no carro, é estar atento ao nível da água no reservatório; 
  • Porém, o ideal é intercalar o abastecimento entre água e o líquido de arrefecimento, pois é próprio para impedir que o líquido congele em climas frios, além de prevenir corrosão;

Atenção no painel

  • Para não acarretar problemas no seu carro, fique sempre atento ao painel. Luzes estranhas que acendem, é sinal que algo está errado, a saída é levar de imediato o carro na oficina;
  • O ponteiro da temperatura sobe rapidamente logo que andar com o carro, mas, jamais deve ultrapassar 100°;

 Viu como é fácil não acarretar problemas no seu carro? É só estar sempre atento as manutenções preventivas, ao painel e aos locais onde trafega.

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chave

como não acarretar problemas no seu carro,
conservação do carro,
manutenção preventiva,
cuidado com os carros,
manutenção veicular,

-#comonãoacarretarproblemasnoseucarro
-#conservaçãodocarro
-#manutençãopreventiva
-#cuidadocomoscarros
-#manutençãoveicular

O que fazer se o carro quebrar na estrada?

O que fazer se o carro quebrar na estrada?

Planejar uma viagem com a família ou amigos é a melhor maneira para recarregar a bateria interna do organismo, já que certamente vai rolar diversão e muitas risadas, e como as vezes problemas inesperados acontecem, seja prevenido e Saiba o que fazer se o carro quebrar na estrada.

Muita gente sabe que antes de pegar uma estrada, a mecânica do carro precisa estar em dia e 100% confiável, mesmo assim, muitos não estão a fim de gastar com manutenção preventiva, no entanto, é bom lembrar que o transtorno criado depois, pode sair bem mais caro.

Contudo, levar o carro para uma revisão no Centro Automotivo não significa que a viagem vai ocorrer as mil maravilhas na ida e na volta, afinal, todo carro usado ou novo, pode sofrer uma pane e o carro quebrar na estrada. Infelizmente isto não tem como se prever, claro, que se o carro não passa por uma manutenção há muito tempo, a probabilidade do carro quebrar na estrada é grande.

Seja como for, vamos imaginar uma situação que independente de ter feito manutenção no carro ou não, simplesmente pifou no meio do nada, como isto pode acontecer com qualquer pessoa, Saiba o que fazer se o carro quebrar na estrada:

Se o carro quebrar na estrada, triângulo

  • Lembre-se que estão numa estrada e precisa sinalizar para avisar os outros carros, mesmo que ninguém esteja passando;
  • O melhor a fazer é tentar tirar o carro do meio da estrada e colocá-lo o mais próximo do acostamento possível;
  • É preciso sinalizar bem para ser visto de longe que está parado, coloque o triângulo a alguns metros atrás, ligue o pisca alerta, coloque bem mais longe galhos de árvores numa distância que dê para visualizar e desviar, aproximadamente uns 50 passos;
  • Caso o carro quebrar na estrada a noite e com neblina, aumente para 100 passos de distância do carro;
  • Tente não deixar o carro parado no meio da estrada, senão, ainda pode ser multado como infração gravíssima e ter o automóvel apreendido, já que será considerado obstrução da via, independente do carro ter pifado;

Chame o socorro

  • Não adianta se estressar, nem ter medo, é manter a calma e verificar se tem sinal de celular;
  • Se tiver ótimo, chame o guincho que a seguradora do carro tem a disposição, mas, se não tem direito é onde mora o perigo, pois, está sujeito a pagar caro pelo guincho que encontrar pelas redondezas;

191-Polícia Rodoviária Federal

  • Caso esteja sem sinal no celular, ou se preferir, caminhe até a cabine de telefone da concessionária que estiver mais perto e peça ajuda, por isso, é interessante prestar atenção onde ficam na estrada, enquanto está dirigindo;

Conserto = Multa

  • As vezes o problema que o carro apresentou tem como ser consertado no mesmo lugar por alguém que está junto talvez, mas, saiba que consertar o carro na beira da estrada dá multa, infração grave, e no caso de ser rebocado por outro carro, também dá multa, infração média, então, fique atento;

Segurança em 1 º lugar

  • A segurança dos passageiros deve ser a maior preocupação, então, precisam ficar longe da via onde os carros podem passar em alta velocidade;
  • O ideal é permanecer dentro do carro, caso esteja num lugar seguro fora da estrada, assim, se garantem na sombra, e claro, somente se o carro não apresenta sinais de fumaça, senão todos inclusive o motorista devem permanecer de longe olhando e aguardando ajuda;

Nos dias atuais de violência se o carro quebrar na estrada, não tente parar outros carros que estejam passando para pedir ajuda, o melhor é realmente esperar pela Polícia Rodoviária, ou, pelo próprio guincho, aliás, é bom avisar quantas pessoas estão com você já que as regras permitem que apenas uma pessoa acompanhe o carro guinchado.