O que você prefere?  Moto usada ou seminova?

O que você prefere? Moto usada ou seminova?

Em época de crises financeiras, nem sempre é possível encarar o preço de uma moto, zero, principalmente com aquelas intermináveis parcelas a perder de vista, afinal, hoje ninguém está com o emprego 100 % garantido, por isso, talvez o melhor é adiar esse sonho, por enquanto.

Claro que isso, é no sentido figurado, cada um faz a própria escolha, mesmo assim, quem precisa de uma motocicleta seja para trabalhar, ou se locomover na cidade, pode pensar na alternativa em comprar uma moto, usada, mas, será que vale a pena? Sabe o que deve ficar atento para não ficar no prejuízo?

comprar moto usada

Este é um assunto que interessa muita gente, afinal, mesmo sendo usada, tem que valer a pena o seu investimento, para isso, todo cuidado é pouco.

Antes de tudo, desconfie se a moto está sendo vendida por um preço bem abaixo do mercado, e caso tenha decidido comprá-la, tem algumas dicas que certamente ajudarão a comprar uma moto, usada, sem ter surpresas desagradáveis depois! Confira quais são:

Onde comprar uma moto, usada.

Está cheio de ofertas de particulares vendendo motos usadas, o ideal é tentar comprar de algum colega, parente ou conhecido. Outra opção é comprar uma moto, usada, numa concessionária autorizada, ou, em lojas especializadas conhecidas, mesmo que custe um pouco mais caro que o particular, mas dão garantia geralmente de até 90 dias.

O que ficar atento ao comprar uma moto, usada, de particular

Claro, que a diferença de um mesmo modelo que viu na concessionária é mais alto que o particular está vendendo, conforme dissemos devido a garantia da mercadoria, mesmo assim, caso esteja decidido a poupar um pouco mais, deve observar alguns detalhes:

Documentação da moto

Faça um levantamento completo da vida útil da moto, através do RENAVAM. Entre no site do DETRAN do seu estado (www.detran.(SIGLADOESTADO).gov.br)

Confira dados como nome do proprietário se realmente é o mesmo, qual o endereço, se a moto está livre de multas, se não está alienada, verifique principalmente se o licenciamento da moto está em dia, até se não consta nenhum boletim de ocorrência. Tudo isso, pode ser feito pela internet, ou por um despachante.

Parte mecânica da moto

A parte mecânica talvez seja mais difícil para quem é um pouco leigo no assunto, a dica, é levar junto um mecânico de confiança ou um amigo que entenda bem.

Fique atento para possíveis sinais de desmontagem como parafusos e porcas com aparência de mais novos que a moto, assim, como também verifique se o cárter, que é a parte de baixo do motor tem marcas como de soldagens, se tiver, talvez não seja um bom negócio, claro, que por ser uma moto, usada, geralmente pode ter arranhões normais.

sac@duasequatrorodas.com.br

Preste atenção na pintura da moto, se estiver brilhante e bonita demais, pode ser de um dono bem zeloso, ou, pode ter sido repintada recentemente, e nesse caso, deve perguntar ao proprietário por qual motivo foi pintada.

Também as pedaleiras, manoplas e manetes, não devem estar como novas, devem estar de acordo com o ano de fabricação. Portanto, o comum é a manopla, a ponta dos manetes de embreagem e o freio dianteiro estarem com arranhados leves, mas, desconfie se estiver ralada demais ou com a ponta torta, isso, demonstra que a moto caiu de verdade.

Outro detalhe que precisa ser observado ao comprar uma moto usada, é o banco, isso porque mesmo que o motociclista cuide bem da moto, o banco acaba se desgastando conforme o tempo de uso, por isso, desconfie se o banco é novo, já que pode significar que sofreu um acidente grave onde mais tarde, pode aparecer outras consequências.

O sistema elétrico precisa estar em perfeito funcionamento, retrovisores e acessórios podem ser os originais, ou outros modelos adequados perfeitamente ao designe da moto, e mesmo sendo usada, o Manual do Proprietário agrega valor no momento da venda, pois, indica se o 1 º proprietário cumpriu todas as datas das revisões em concessionária prolongando a vida útil da máquina.

Vale lembrar que comprar uma moto, usada num revendedor autorizado, é oferecido em média 90 dias de garantia, enquanto o particular não, por isso, atenção aos pequenos, detalhes. E qualquer dúvida que possa surgir, não fique envergonhado(a), pergunte e avalie a resposta se foi satisfatória. Pois lembre-se, você está fazendo um investimento, e não deseja se incomodar nos próximos meses subsequentes.

Nota de Rodapé

Nota de rodapé

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO. Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página. phone-icon0800 642 2327 phone-iconFIXO (47) 3522-3274 whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266 whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS

Palavras Chaves

comprar moto usada,
moto usada,
vende se moto usada,
motocicletas usadas,
moto seminova,
compro moto usada,
motos seminova,
comprar motos usada,

-#comprarmotousada
-#motousada
-#vendesemotousada
-#motocicletasusadas
-#motoseminova
-#compromotousada
-#motosseminova
-#comprarmotosusada